Como destravar a mão esquerda na Guitarra

25 Jul 2017

Oi! Tudo bem?

 

Depois de um longo tempo sem postar, estou de volta com mais um episódio da série Dicas de Estudo, na qual eu falo de forma mais espontânea sobre diversos aspectos importantes para quem busca mais eficiência no estudo da guitarra.

 

E neste episódio, atendendo a um pedido feito nos cometários de outros vídeos, eu vou dar algumas dicas para ajudar a "destravar a mão esquerda", possibilitando desenvolver uma maior fluência e velocidade pelo braço da guitarra. Assista o vídeo com bastante atenção, leia o texto abaixo e siga os passos:

Vou tentar resumir aqui nesse texto o que falei no vídeo, para reforçar os conceitos.

 

Em primeiro lugar, precisamos entender o que significa a mão esquerda (mão da escala) "travar" e porque ela trava. Pela minha experiência tocando e ensinando, ao longo dos anos, percebi que as principais causas são: coordenação motora deficiente (ainda não desenvolvida), utilização de força excessiva ao pressionar as cordas, e principalmente excesso de tensão na mão como um todo.

 

Mas como resolver esse problema e conseguir tocar com a mão esquerda mais relaxada?

A primeira coisa a fazer é procurar perceber os níveis de força e tensão da mão, pois por incrível que pareça, quem toca tenso geralmente não percebe. É uma questão de consciência do próprio corpo, que muitas vezes não desenvolvemos por não nos darmos conta de sua importância, principalmente quem é autodidata, ou estuda com algum professor não muito qualificado. Esta percepção da tensão vai evoluir gradualmente se for exercitada, conforme as dicas a seguir: 

 

Dica 1: Solte o braço esquerdo, deixando-o cair, ficar esticado para baixo e totalmente relaxado. Depois de alguns segundos você vai experimentar uma sensação de bem estar e relaxamento na mão. Preste muita atenção nesta sensação, pois agora ela será uma referência na sua mente sobre como é estar com mão relaxada. Agora toque algo na guitarra tentando manter a mão nas mesmas condições, buscando a mesma sensação de relaxamento experimentada há pouco, ou pelo menos tente chegar o mais próximo possível disso.

 

Dica 2: Solte a mão esquerda sobre um apoio, que pode ser a outra mão, a perna ou um encosto de sofá ou cadeira, com a palma e os dedos virados para cima, e procurando relaxá-la o máximo possível. Observe a postura e a forma que a mão adota naturalmente nestas condições, ela fica semiaberta (ou semifechada) com o polegar esticado e os demais dedos semiflexionados, isso varia um pouco para cada pessoa. Agora leve a mão de volta ao braço da guitarra tentando manter a mesma postura e forma natural, e você vai ver que ela se encaixa perfeitamente! Tente tocar algo, como por exemplo o exercício básico 1-2-3-4, mantendo a mesma postura e forma da mão. Isso vai ajudar a manter a mão mais relaxada, pois aproveita a sua postura mais natural. 

 

Dica 3: Observe o polegar atrás do braço da guitarra, ele deve ficar móvel, deve poder flutuar, subindo e descendo ou se deslocando na horizontal junto com os outros dedos, para que a mão não mude de postura. Evite pressionar o braço da guitarra com o polegar, ele é apenas um ponto de contato e não precisa de força, salvo algumas exceções, como acordes com pestana, por exemplo. Para uma aplicação prática, toque em qualquer casa o exercício 1-2-3-4, descendo da 6ª até a 1ª corda e depois subindo, e tente fazer com que o polegar desça e suba junto com os outros dedos. Como resultado, a postura da mão deve ser praticamente a mesma, em qualquer corda que estiver.

 

Dica 4: Toque um exercício de duas notas por corda, em qualquer casa, usando somente os dedos 1 e 2 (indicador e médio). Observe os seus dedos 3 e 4 (anular e mínimo), que não estão tocando nenhuma nota, eles devem permanecer perto das cordas, junto com os demais, pois esta é a postura natural da mão quando relaxada. Quando os dedos se afastam, se esticam, significa que está acontecendo uma tensão totalmente desnecessária e prejudicial. Isso acontece porque a coordenação motora não está bem desenvolvida, ou seja, sua mente ainda não controla bem seus dedos. Toque também o mesmo exercício com os dedos 3 e 4, mas prestando atenção nos dedos 1 e 2 para que estes permaneçam relaxados e perto das cordas, junto com os demais.

 

Mesmo que você já toque muito bem, essas dicas sempre vão ajudar e melhorar mais ainda, falo isso por experiência própria, pois sempre que aplico, sinto que consigo evoluir mais na minha técnica e fluência. São dicas para a vida inteira! Espero que você tenha gostado...


Obrigado por ler meu texto e assistir meu vídeo! Um forte abraço!

Please reload

Se este artigo ou vídeo te ajudou, imagina um curso inteiro produzido por mim...

Atualmente tenho 2 cursos online com objetivos específicos, que se complementam. Assiste os vídeos e depois clica nos botões embaixo prá ver todos os detalhes e se inscrever.

Fundamentos da Técnica para Guitarra
Técnica e Expressão na Guitarra Solo

Tá procurando um material completo prá estudar guitarra de forma organizada?

Dá uma olhada nos conteúdos das apostilas que estão à venda na Loja aqui do site:

Receba grátis por e-mail:

Atenção: verifique também na pasta spam, do seu e-mail e se encontrar a minha mensagem lá, marque a opção Não é spam, para continuar recebendo.

Curso de Guitarra Online
Curso de Guitarra Online
Conheça e adquira as 
Apostilas de Guitarra: