A Escala Pentatônica - Parte 1

24 Dec 2016

A Pentatônica é a escala mais antiga de que se tem conhecimento, tendo na China documentos de 3.000 a.C. que comprovam seu uso. Alguns historiadores afirmam que os sumérios já a usavam há mais de 6.000 anos. De modo geral os livros de história da música remetem as origens da pentatônica ao mundo oriental e ao continente africano e sabemos que ela foi introduzida na música ocidental nos EUA pelos escravos trazidos da África e por seus descendentes, que também originaram o Jazz e o Blues, frutos uma mistura de suas tradições com a cultura européia dos senhores brancos.

 

A definição de Escala Pentatônica é: uma escala de 5 sons dentro de uma oitava. Por essa definição temos diversas possibilidades de combinações de notas, diversas escalas pentatônicas, mas as duas mais utilizadas são as que chamamos de Pentatônica Maior e Pentatônica Menor. Nesse artigo vamos estudar a Escala Pentatônica Maior.

 

Estrutura da Pentatônica Maior:

 

Para entender a estrutura de qualquer escala, é essencial que você já conheça as notas musicais, conceitos de Tom (T) e Semitom (ST), sustenido (#) e bemol (b) e intervalos.

 

Do ponto de vista das distâncias entre as notas, a Pentatônica Maior possui a seguinte estrutura:

 

1 Tom entre a Tônica e a 2ª nota;

1 Tom entre a 2ª e a 3ª notas;

1 Tom + 1 Semitom entre a 3ª e a 4ª notas;

1 Tom entre a 4ª e a 5ª notas;

1 Tom + 1 Semitom entre a 5ª nota e Tônica;

 

Do ponto de vista dos intervalos, a Pentatônica Maior é formada por Tõnica (T), Segunda Maior (2M), Terça Maior (3M), Quinta Justa (5J) e Sexta Maior (6M).

 

Se utilizarmos como Tônica a nota Dó (C), obteremos a Pentatônica de Dó Maior com as seguintes notas: C, D, E, G, A. Veja um resumo da estrutura no gráfico a seguir:

  

 

Visualizando e Tocando a Pentatônica Maior:

 

Vamos começar visualizando a Pentatônica de Dó Maior em uma corda por vez, como na imagem a seguir:

 Agora experimente tocar estas notas sobre essa base em Dó Maior:

E aí? Gostou do resultado? Se divertiu?
Esta é uma boa forma de começar a praticar improvisação. 
No YouTube tem milhares de bases como esta, para encontrá-las você pode procurar por backing track ou jam track, nesse caso, como queria uma base em Dó Maior, escrevi na busca "jam track C major".

 

Agora localize e toque as mesmas notas em outras cordas, como nos exemplos a seguir:

 Veja agora a localização das notas da Pentatônica de Dó Maior em todas as cordas:

 Obs: Ainda poderíamos utilizar as notas das cordas soltas 1ª (E), 3ª (G), 4ª (D), 5ª (A) e 6ª (E).

 

Os 5 Formatos da Pentatônica Maior:

 

Recortando a imagem acima vamos obter os 5 formatos tradicionais da Pentatônica, que são digitações de 2 notas por corda. O formato 1 é o que parte da Tônica (nesse caso C) na 6ª corda, o formato 2 parte da 2ª nota (nesse caso D), e assim por diante... 

Pratique os formatos devagar para memorizá-los de forma eficiente e depois comece a aplicá-los na improvisação sobre backing tracks, ou tocando com seus amigos. Bons estudos!

Please reload

Se este artigo ou vídeo te ajudou, imagina um curso inteiro produzido por mim...

Atualmente tenho 2 cursos online com objetivos específicos, que se complementam. Assiste os vídeos e depois clica nos botões embaixo prá ver todos os detalhes e se inscrever.

Fundamentos da Técnica para Guitarra
Técnica e Expressão na Guitarra Solo

Tá procurando um material completo prá estudar guitarra de forma organizada?

Dá uma olhada nos conteúdos das apostilas que estão à venda na Loja aqui do site:

Receba grátis por e-mail:

Atenção: verifique também na pasta spam, do seu e-mail e se encontrar a minha mensagem lá, marque a opção Não é spam, para continuar recebendo.

Curso de Guitarra Online
Curso de Guitarra Online
Conheça e adquira as 
Apostilas de Guitarra: